Freios: como identificar os possíveis problemas?

//Freios: como identificar os possíveis problemas?

Freios: como identificar os possíveis problemas?

É sempre interessante manter o veículo em bom estado com as manutenções em dia para que você não passe por apuros no trânsito, na estrada ou em qualquer outra situação. O sistema de freios do veículo é crucial para a segurança da sua viagem, caso esteja danificado, é essencial que a manutenção seja feita o quanto antes.

O sistema de freios é um dos componentes mais importantes de um automóvel, pois muitas colisões e acidentes de trânsito podem ser evitados pelo bom funcionamento desse sistema, por isso ele precisa de atenção constante.

Como identificar um problema nos freios?

Você poderá identificar um problema nos freios quando ocorrer as seguintes situações: Frenagem com pouca eficiência, vazamento de fluídos nas rodas, barulho ao utilizar os freios no veículo.

O que fazer para resolver o problema?

Nesses casos é importante que o veículo seja levado a uma oficina de confiança para solucionar o problema da melhor maneira possível. Lembrando sempre que recomendamos que leve o seu veículo para fazer essa manutenção em um local de confiança, com profissionais competentes, para evitar qualquer problema na troca das pastilhas. Encontre a Oficina Impacto mais próxima de você: acesse aqui.

Benefícios da manutenção de freios preventiva

Os sistemas de freio estão ficando cada vez mais complexos e contando com ainda mais tecnologia, tudo isso veio para trazer mais segurança ao veículo e seus passageiros.

Por isso, a manutenção preventiva tem se tornado cada vez mais importante na vida dos motoristas. Fazer um check-up antes de pegar a estrada e evitar que algo possa apresentar problemas é a chave para garantir que um possível defeito não se torne um problema ainda maior.

Conheça os componentes do sistema de freios:

– Pedal: O pedal é o acionador do freio.

– Servo freio: Auxilia o funcionamento do freio, o servo volta todo seu sistema para a força exercida sobre o pedal.

– Cilindro mestre: É o responsável pelo abastecimento do cilindro do freio com fluido, que é extraído do reservatório e transforma a pressão mecânica dos pedais em pressão hidráulica.

– Canos e mangueiras: São os responsáveis pelo transporte dos fluidos do cilindro mestre para as rodas.

– Pastilhas: Essas são as peças que entram em contato com o disco de freio e param o automóvel. Por esse motivo, sempre que perceber que o veículo está enfrentando dificuldades para parar, verifique a necessidade de trocar as pastilhas.

– Discos: São uma das mais importantes peças de um sistema de freio e também uma das que podem apresentar mais diversidade de falhas.

– Lonas: Presentes nos freios traseiros, as lonas são as responsáveis pelo atrito das rodas com os tambores de freio.

– Tambores: Ao acionar o freio, a lona entra em contato com o tambor que, por sua vez, faz com que o veículo pare.

Quando fazer a manutenção preventiva dos freios?

Cada fabricante tem uma recomendação específica para quando realizar a manutenção preventiva. Por isso, cheque sempre o manual do proprietário.

Gostou das nossas dicas sobre manutenção de freios? Então acesse nosso site.

2018-11-12T10:13:45+00:00